Conheça o Espírito Santo

Bandeira do Espírito Santo

Bandeira do Espírito Santo

Assim é o Espírito Santo: praias badaladas ou paradisíacas com culinária à base de peixes e frutos do mar. Clima ameno de montanha, onde se degusta vinho, licores, biscoitos caseiros, massas, em propriedades de agroturismo.

Congo na Barra do Jucu
Se no litoral a música local vem de origem indígena e africana (o Congo mais na região metropolitana do Estado) e o Ticumbi (no norte, na cidade de São Mateus), na região de montanha, as tradicionais danças folclóricas dos descendentes europeus garantem animação.

Ticumbi, Conceição da Barra
Também é o Espírito Santo a prática de esportes radicais, com o raffting, rapel e vôo livre e festas como o Festival de Música de Alegre, o Festival de Inverno de Domingos Martins o Festival Internacional do Vinho. Festas religiosas como a Festa da Penha e os Passos de Anchieta se contrapõem a festas profanas como o Festival de Forró de Itaúnas e o Carnaval de Congo de Roda D’Água, que atraem uma não menor legião.

Vôo livre, em Venda Nova
Conhecer o Espírito Santo é viajar pela história de seu povo, conhecendo os casarios do patrimônio histórico cultural, principalmente de Muqui (sul do Estado), São Mateus (norte do Estado), Santa Leopoldina (região Centro-Serrana), o Convento da Penha (Vila Velha) e as construções do Centro de Vitória. Mas, também, é desenvolvimento.

Banho de mar, trilhas ecológicas, centros de estudos e pesquisas, como o Projeto Tamar e a Reserva Florestal da Vale do Rio Doce, moqueca feita na panela de barro – herança indígena na qual é feita de modo artesanal pelas paneleiras de Goiabeiras – ajudam a compor o mosaico que é o Estado. A torta capixaba (feita de mariscos, peixe e palmito) é prato principal da culinária capixaba na Semana Santa.

A tradicional Moqueca Capixaba
O atual momento econômico, somado à qualidade de vida que oferece, transformou o Espírito Santo numa alternativa para o turismo de negócios. Nos últimos anos, o crescimento industrial do Estado está acima da média nacional, o que chamou a atenção de empreendedores para o seu potencial, principalmente na área de petróleo e gás.

Esse setor veio ampliar a economia, já dinamizada por grandes âncoras e tendo os arranjos produtivos locais de móveis, confecções, rochas ornamentais, metalurgia, frutas, dentre outros como principais molas do desenvolvimento econômico.

O Espírito Santo possui localização estratégica com uma área de 46.184 km² e 78 municípios, está na região Sudeste, próximo das principais metrópoles do País. Isso o torna atração para turistas de lazer, negócios e eventos provenientes de São Paulo, Bahia e Minas Gerais.

Complexo portuário da Baía de Vitória
São inúmeras as vantagens para visitar o Espírito Santo. Possui fácil acesso rodoviário, estando ligado aos demais estados pela BR 101 e pela BR 262, que o interliga com o Centro-Oeste. Na logística de transportes temos, ainda, o Aeroporto de Vitória, que após suas obras de expansão permitirá vôos internacionais.

Para receber o turista, conta com excelente Infraestrutura, com capacidade de hospedagem de 11,4 mil pessoas na região metropolitana, com excelentes hotéis e rede de restaurantes. O Estado é o sexto no País em turismo de eventos e negócios e esse setor aumenta a cada ano, tendo em vista o desenvolvimento crescente do Espírito Santo e por ser lugar que oferece preços competitivos para a realização de eventos. Para isso, conta com espaços realização de eventos de pequeno, médio e grande porte no Centro de Convenções e no Parque de Exposições de Carapina.

Fonte: Governo do ES


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*