Praias da Serra

O potencial turístico de Serra concentra-se principalmente na sua área litorânea.

Manguinhos é sinônimo de tranqüilidade e bucolismo. Possui águas limpas e calmas, com ondas fracas e uma faixa estreita de areia clara e fofa.

São 23 Km de praias limpas, próximas a riachos e lagoas, e uma vasta vegetação nativa. Partindo de Vitória em direção ao norte do Estado, pela Rodovia do Sol,chega-se ao litoral serrano.

O sol brilha quase o ano inteiro na Serra. No verão, as praias de Serra acolhem um grande número de turistas, principalmente dos Estados da Região Central do Brasil e do interior do Espírito Santo.

Antigas vilas de pescadores se modernizaram e, hoje, oferecem conforto e qualidade de vida aos turistas e aos seus moradores.

O clima é tropical quente e úmido, devido à influência do mar. A temperatura média é de 24ºC e o índice de chuvas por ano varia de 900 à 1.200 mm3. Os ventos são norte e nordeste.

Praia de Carapebus

Praia Mole

Praia de Carapebus e a praia da Serra mais próxima de Vitória. Esta praia forma uma enseada, com águas verdes e poucas ondas.É cercada por casas de veraneio. Uma faixa de areia separa a praia da lagoa de Carapebus, excelente para banho e pesca.

A praia possui colônia de pescadores, com área de 1,5 Km de areia grossa, com formação arenítica e de corais ao sul. Possui águas propícias a prática de surf e pesca. Com ondas de 0,5 a 2,0 metros, enfatizando uma área de preservação ambiental fiscalizada pelo Projeto Tamar.

É famosa pela Lagoa de Carapebus, separada da praia por uma faixa de areia, agradável para as famílias, que podem se banhar em suas águas mornas, ou enfrentar a força das ondas desta praia agreste.

Balneário de Carapebus

Inicia-se logo após a Colônia de Férias da Polícia Militar de Minas Gerais e vai até o riacho que faz divisa com Bicanga.

Possui areia fina e escura, águas limpas e próprias para banho, no pico Coral do Sítio, as ondas são propícias a prática do surf, chegando de 0,5 a 2,0 metros.

Praia de Bicanga

Esta praia forma uma enseada, com águas verdes e poucas ondas.É cercada por casas de veraneio. Uma faixa de areia separa a praia da lagoa de Carapebus, excelente para banho e pesca. É o balneário mais agreste da região.

Bicanga possui águas calmas e preserva ainda hoje as características de vila de pescadores. Bucólico, rústico e com faixas de areias ainda inabitadas, o balneário é um dos refúgios preferidos de quem busca a mansidão do mar para refrescantes banhos e daqueles que optam por conciliar descanso com a oportunidade de entrar em forma com longas caminhadas.

Como chegar: o acesso é um pouco mais distante da Rodovia ES-010, mas os atalhos e a freqüência de linhas de transporte coletivo auxiliam na chegada à beira-mar. Seu acesso a partir do entroncamento do Bairro de Laranjeiras na BR-101, é feito através da Rodovia ES-010, entrando para praia de Manguinhos onde existe uma placa. Daí mais 2,5 Km até o trecho final do asfalto.

Praia de Manguinhos

Praia da Enseada
Praia da Chaleirinha
Praia Pontas do Fachos

Manguinhos é um bairro litorâneo da Serra. Surgiu a partir de uma vila de pescadores que começou a se formar no início de 1900.

O balneário de Manguinhos é portanto originário de uma antiga Vila de Pescadores. Os moradores locais procuram preservar a tranqüilidade e a paisagem agreste e suas ruas são simples, sendo construída recentemente uma moderna praça, mas que não retirou a característica de uma vila, onde os seus nativos são os pescadores que vendem peixes na areia da praia e que saem cedo com seus barcos, retornando ao entardecer cheios de peixes.

O fluxo de turistas aumenta no verão, mas, na baixa temporada, esta vila de pescadores oferece muita paz com uma praia limpa que encanta os que querem fugir da poluição.

Moqueca e Peroá Frito

Manguinhos é hoje refúgio de muitos veranistas. A principal atividade econômica do lugar é o turismo. Sua culinária é rica e tradicional servida em modernos restaurantes que oferecem bons frutos do mar e a tradicional moqueca capixaba, que segundo os moradores locais, em Manguinhos possui um sabor bem especial, pela qualidade da forma como é feita. Na culinária o destaque ainda é para o peixe peroá (conhecido como Porquinho no sul do Brasil) frito, uma das especialidades da região. O balneário de Manguinhos encontra-se situada a uma distância de 20 a 24 km de Vitória.

Manguinhos é sinônimo de tranqüilidade e bucolismo. Possui águas limpas e calmas, com ondas fracas e uma faixa estreita de areia clara e fofa.

O Balneário é um ponto de partida para passeios a pé até Bicanga e Carapebus, possuindo vegetação de restinga, preservada por lei e recanto seguro para a desova e nascimento das tartarugas marinhas.

O nome deriva do terreno pantanoso, de Mangue, com vegetação específica que existia na região, embora o morador da região, Ronaldo Lourenço Rodrigues afirme que o nome deriva da fruta Manga que em tamanho pequeno havia em grande quantidade no local.

O censo de 1996 informa que a população de Manguinhos é de 1 mil e 100 habitantes. Em 2000, a população fixa era estimada em 1.500 habitantes, atingindo uma população flutuante de 3.000 habitantes nos meses de Janeiro e Fevereiro.

Na entrada do bairro o visitante atravessa uma pequena ponte que muitos julgam ser sobre o rio Manguinhos, mas que na verdade é sobre o rio Maringá, cuja foz ocorre num local chamado “Chaleirinha” onde vários pedaços de pedras afloram na praia.

O rio Manguinhos, segundo Mapa do IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, possui a sua foz entre as praias de Bicanga e a de Manguinhos.

Praia da Enseada

Possui os melhores restaurantes da nossa orla marítima, onde servem a melhor comida capixaba, camarão na moranga, moquecas, torta capixaba, bobó de camarão, e outros.

Possui também uma pracinha que é ponto de encontro de jovens, tendo ao lado a praça dos pescadores, onde todos os dias é vendido peixe fresco.

Praia da Chaleirinha

Praia onde se encontra poças térmicas naturais, com pedras de recifes de origem vulcânica.

Praia Ponta dos Fachos

Praia agreste, onde acontece a desova de tartarugas, atraindo turistas de várias localidades. Além destas praias, o balneário de Manguinhos também possui outras como: Praia da Meresia e Praia dos Surfistas.


Praia de Jacaraípe

Praia da Baleia
Capuba
Enseada de Jacaraípe
Praia do Solemar
Costa Bela
Praia do Barrote.

Ao norte, a poucos quilômetros de Vitória está o balenário Jacaraipe. A apenas 37 km de Vitória, capital do Espírito Santo, Jacaraípe tem praias de águas agitadas, como a Praia de Jacaraípe, procurada por surfistas.

Atende àqueles turistas que não dispensam maior badalação de dia e à noite. É o balneário de maior infra-estrutura, com todas as comodidades de um bairro residencial, excelente para a prática e competições de surf, windsurf e body board.

A última é a mais concorrida durante o verão, e muito procurada por surfistas. Tem ondas fortes em certos trechos e pode ser perigosa próximo à desembocadura do rio Jacaraípe. Neste local o banho não é aconselhável. Ganhou o contorno de calçadões em seus 6 km de extensão, perdendo o antigo ar selvagem. Tem pousadas, hotéis, restaurantes e casas de veraneio.

Possui um animado carnaval, destacado pela participação dos moradores e veranistas, que formam animados blocos carnavalescos. A praia de Jacaraípe possui iluminação para a prática de surf noturno, dispondo de hotéis e restaurantes de qualidade. Jacaraípe oferecem as mais variadas opções de lazer nos quiosques, bares, restaurantes, sorveterias a beira mar, com excelentes condições para o banho de mar.

Como chegar: distante 26,8 Km a leste da sede municipal, seu acesso à partir daí é feito através da BR-101, indo-se em direção a Capital, até o entrocamento do bairro Laranjeiras, onde após a travessia das pistas da BR-101 segue-se através da ES-010 por 12,5 Km até Jacaraípe. Vindo de Vitória, o entrocamento do bairro de Laranjeiras na BR-101, encontra-se distante 13,5 Km. Existem placas indicativas.


Praia de Nova Almeida

Típica colônia de pescadores situada na foz do rio Reis Magos, a 49 km do centro de Vitória, e que abriga uma das igrejas mais antigas do Estado, a Igreja dos Reis Magos.Mistura os prazeres reservados pela orla marinha e a cumplicidade histórica da colonização capixaba.

No alto de Nova Almeida está um símbolo marcante da era do descobrimento do país: a Igreja dos Reis Magos. Além das tradições, o balneário de Nova Almeida possui lindas praias com águas rasas e quentes.

Verão, as águas são mais claras e calmas e, no inverno, ocorrem as grandes ressacas. O Balneário possui ainda colônias de pescadores, o que garante aos turistas e moradores peixe fresco e farto o ano todo.

Na Praia das Barreiras

(início da praia de Nova Almeida), encontra-se áreas de falésias e recifes de lateritas (rochas vermelhas).

A Praia da Barrinha
É uma praia mais tranqüila, limpa e muito procurada por pessoas que apreciam o aconchego da natureza.

Em sua culinária, além da moqueca de peixe, o quindim é uma das delícias do balneário.

Encontra-se distante 38,1 Km a leste da sede municipal e 11 Km ao norte de Jacaraípe.

Fonte: Prefeitura da Serra

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*