Turismo de araque

Escrito por: Marcelo Tas

O relatório do Fórum Econômico Mundial divulgado em março deste ano, mostra que o Brasil caiu 7 posições no ranking de competitividade no turismo mundial. Estamos agora numa posição ainda abaixo das recentes pontuações do Rubinho: 52º lugar. Na comparação com os demais países do continente, o Brasil está em 7º lugar, atrás de Estados Unidos, Canadá, Barbados, México, Costa Rica e Porto Rico.

No ranking mundial, nossa situação é vergonhosa. A cidade de Nova Iorque recebe o dobro de turistas que o Brasil. Pra você não dizer que a comparação é desigual, Ucrânia e Áustria, tímidos países gelados recebem mais turistas que nosso país tropical com mais de 8 mil Km de praias. Esses dados são do próprio ministério do turismo (clique aqui).

A Ucrânia recebe aproximadamente 21 milhões de turistas anualmente, por aqui passam apenas 5 milhões no mesmo período. Dá até vontade de conhecer a Ucrânia.

De acordo com o relatório do Fórum Econômico, a deficiência nos transportes, os preços abusivos das tarifas aéreas e rodoviárias, a falta opções de hospedagem e o desinteresse político em estruturar o setor são os principais motivos que fazem os turistas escolherem outros destinos.
Está claro, o turismo movimenta diversos setores da economia, mas a única movimentação que vemos é a de ministros. Os mais recentes, por alguma coincidência ou estratégia política, são todos do Maranhão, estado bonito pela natureza mas uma verdadeira escola de má gestão de recursos públicos com o “coisa ruim” na direção.

Resultado: bem na hora que o mundo olha para o Brasil, recebemos a Copa e as Olimpíadas, temos no horizonte a continuidade do nosso turismo de araque.

Fonte: BlogdoTas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*