Gruta do Limoeiro – Castelo,ES

 

Situada a 15 quilômetros do centro de Castelo, possui vários salões internos e é considerada a mais importante do Estado, por causa de sua profundidade e de suas formações rochosas de beleza inconfundível.

Em 1984 foi tombada como Patrimônio Histórico do Espírito Santo pelo Conselho Estadual de Cultura, através da Resolução 01/84. Considerada um sítio arqueológico, foi alvo de vários estudos. Uma das equipes, formada por pesquisadores da Universidade Federal do Espírito Santo(Ufes) e coordenada pelo antropólogo Celso Perota, encontrou 11 esqueletos de homens que viveram há aproximadamente 4.500 anos. Descobriu-se que desde o ano de 1.200 a Gruta do Limoeiro foi habitada por índios. No período colonial teria sido habitada por tribos de índios Puris.

Apesar das muitas lendas que cercam a Gruta, o espanhol José Lacerda organizou uma caravana científica destinada a descobrir os mistérios da gruta no ano de 1904. Ao chegar ás proximidades, num monte com elevação entre 70 e 80 metros de altura, encontrou passagens formadas por blocos de granito, em forma de ossos, ligados por escumalhos que formavam colunas que constituíam áreas de pedras em furnas e viadutos. Pelas formas, José Lacerda concluiu que o local recebera um vulcão extinto, também pelos corpos esponjosos existentes, que indicavam a presença de lavras petrificadas.

Patrimônio Cultural Estadual, a gruta é o mais importante sítio arqueológico da pré-história do Espírito Santo, apresentando vestígios de habitação humana que datam de 4,5 mil anos atrás. Nela já foram realizadas inúmeras expedições e pesquisas científicas.

Habitação dos índios Puri-Coroados, a gruta já foi palco de intensas batalhas entre os habitantes nativos da região e o colonizador branco em busca de riquezas. O mais sangrento deles ocorreu no ano de 1771 e foi favorável aos índios, que impuseram aos invasores uma humilhante derrota, obrigando-os a fugir da região.

Em sua entrada, com mais de seis metros de altura, está a pedra do sino, cujo formato e som metálico que emite justificam o seu nome. Em seu interior as formações rochosas esculpidas pela água ao longo de milhões de anos formam vários salões de beleza inigualável, alguns ainda inexplorados.

A Gruta do Limoeiro possui visitas monitoradas por agentes capacitados, por meio de agendamento ou atendimento espontâneo entre 9h e 16h, tendo como referência o empreendimento “Paiol da Gruta”. O Paiol da Gruta abriga a central de agendamento das visitas à gruta, além dos condutores turísticos devidamente identificados. Lá também é encontrado o que de melhor a região tem para oferecer em produtos agrícolas, agroindústria e artesanato.

Como chegar: saindo de Vitória via BR262 e ES477.

Distância de Vitória: 142km aproximadamente 2:30h

Agende sua visita!

Fonte: Secretaria de Turismo Castelo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*